SESI Alto Vale oferecerá novo conceito em educação

A partir de 2017 a instituição contará com uma estrutura ampla e moderna onde serão aplicadas metodologias de ensino inovadoras.

“A escola precisa sair do modelo tradicional. E o SESI buscou inspiração em exemplos de fora do país”, contou a diretora do SESI Alto Vale, Irene Colaço Westphal. A demanda por matrículas cresceu tanto, que foi preciso investir na ampliação da estrutura física e na oferta de vagas também para o Ensino Fundamental. “A estratégia central do SESI/SC não é o Ensino Fundamental. Nosso foco é a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Mas a necessidade apresentada no Alto Vale foi interessante, por isso a decisão de investir aqui, para o desenvolvimento da região. Além disso, o Ensino Fundamental é uma lacuna na educação do Brasil, faltam políticas públicas para uma fase onde os estudantes passam por transições e precisam ser estimulados”, argumentou o superintendente do SESI/SC, Fabrizio Machado Pereira.

O novo prédio tem a inauguração prevista para o ano que vem. Os diretores da FIESC Alto Vale e presidentes dos sindicatos patronais, acompanhados por Fabrizio e Irene, visitaram o local na tarde de terça-feira, 22 de novembro. A diretora do SESI relatou que o projeto inicial previa a construção de dois pavimentos, mas por solicitação dos pais foi ampliado para três andares, para atender também as séries finais do Ensino Fundamental. O investimento nos 4,6 mil metros quadrados da construção é de R$ 9,5 milhões, incluindo mobiliário e equipamentos. Os ambientes são espaçosos e irão receber tecnologias de última geração como lousa digital e impressora 3D. “Esta obra será uma referência e o novo modelo de educação será exemplo para a região e o estado. Isso mostra a importância que a FIESC dá para o assunto”, avaliou o vice-presidente da FIESC Alto Vale, Lino Rohden”. Uma das novidades será o Espaço Maker, onde serão realizadas oficinas, com ferramentas modernas, didática lúdica e roteiro formado por prática/teoria/prática. As salas de aula também serão diferentes. No lugar de carteiras enfileiradas serão dispostas mesas de trabalho coletivo, criando um ambiente propício para o desenvolvimento dos estudantes.

Mas o diferencial da escola não está na estrutura. O SESI vem rompendo paradigmas e oferecendo uma educação que “encanta”. As metodologias e as estratégias pedagógicas fazem crescer a fila de espera por vagas na instituição. “Nossa proposta é estimular a criatividade, o raciocínio. As crianças são protagonistas do próprio aprendizado e os professores são os guias”, explicou Irene.

 

Antes da visita na obra os diretores conheceram o estudante do SENAI de Rio do Sul, Aginaldo José Cardoso. Ele conquistou medalha de bronze na modalidade de Costura para Pessoas com Deficiência, da Olimpíada do Conhecimento, realizada em Brasília, na semana passada. A diretora do SENAI, Graziela da Silva Branco, ressaltou a importância da conquista e também apresentou as atuais oportunidades de profissionalização na instituição. Outro assunto do encontro foi o projeto piloto “Condomínio Sindical”, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que está sendo implantado na sede da FIESC Alto Vale, em conjunto com os sindicatos patronais.

 

 

 

 

 

 

 

Debora Claudio - Jornalista

 

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização


Alameda Bela Aliança, 06 - Caixa Postal 562 - Centro ⁞ Rio do Sul/SC ⁞ CEP: 89160-000 ⁞ Telefone: (47) 3521-2870